sábado, abril 28, 2012

Santa e Bela Catarina

Hoje teremos mais uma escolhida para o próximo Miss Brasil. Em Itajai será escolhida a Miss Santa Catarina 2012. Cinco chegaram ao topo da beleza brasileira. Taisa Thomsen em 2002, no entanto, foi proclamada após a destituição de Josiane Oliveira do RGS. Na foto uma das mais graciosas Misses Brasil de todos os tempos: Ingrid Budag em 1975. Ela foi elogiada em El Salvador por Bob Barker. Na entrevista entre as top12, ela tentou explicar em inglês que era secretária, que datilografava, fazia aula de piano e ballet..... Que o juri acerte hoje a noite!

Resultado final do Miss SC 2012
1 - FLORIANÓPOLIS - Manoella Agostini Deschamps
2 - BALNEARIO CAMBORIU - Giseli Rossi (Melhor corpo)
3 - CAÇADOR - Andressa Ogrodink (Miss Simpatia)
4 - TIMBÓ - Paola Daniele Luetke Boaventura (Miss elegância)
5 - CONCÓRDIA - Luana Freitas (Miss Fotogenia)

Semifinalistas:

BLUMENAU - Sabine Beviam
ITAJAI - Maria Eduarda Kraemer
JOINVILLE - Kelin Cristina Pereira
LAGES - Catherine Correa Peruzzolo
XAXIM - Crystiane Orlandin Norbak

Demais Candidatas:

CAMPOS NOVOS - Cláudia Maria Schaly
GASPAR - Thaysa Valéria Costa Martins da Silva
GOV CELSO RAMOS - Jeysa Gomes
IBIRAMA - Cleisiana de Abreu
INDAIAL - Iohana Lais Frutuoso
JARAGUÁ DO SUL - Priscila Silveira
NAVEGANTES - Ariadyne Regis Maes
PALHOÇA - Larissa Maldaner
SÃO BENTO DO SUL - Michele Sluminski

2 comentários:

Nelson Jr. disse...

Ingrid Budag é uma das mais meigas Miss Brasil Universo da história. Bela lembrança!

Anônimo disse...

Em 1979 o mundo percebeu que era mais que beleza que vencia um Miss Universo. Pensamos que em 1980 e 1981 a normalidade tivesse voltado às decisões de um MU. Porém foi ledo enganho. As Misses a partir de 1979 provaram que beleza é apenas um ítem no composto do resultado de uma escolha da mulher mais bela do Universo segundo as organizações que a promovem. Em 1989 a 1981 foi apenas um laço de acordo entre Venezuela 1979, RUA 1980 e a seguir Venezuela novamente em 1981. Um bom vestido, trajes típicos e alguma beleza papável, mas as entrevistas tinham que ser firmes e fortes. O entrelaço entre uma decadente organização fez surgir como safra lançada em verdes pastagens e terra boa dos petróleos e dos acordos o maior número de latinas de todos os tempos. Foram raras as misses européias na era dos oitenta e pior dos últimos anos. Quase inexistente. Outros polos, outra era. Ingrid no Miss Brasil apenas despertou o sonho como foi em 1969. Porém como foi naquele ano outros acordos e outra Era surgiu.
Não vivemos mais o mundo onífero dos sonhos, vivemos num mundo onde a globalização e a realidade dos negócios falam muito mais alto. Quem tem cacife, categoria, estilo, vence. Não adianta ter na abeça os filósofos ou a literatura completa, muito menos 10 línguas em fluente performance.
Os jurados já sabem o que querem. Até aqui no Brasil, tupiniquim sabem também. O título do Miss Brasil é decidido nos bastidores.
MARCIO LANDIN