segunda-feira, outubro 13, 2008

Venezuela e a Segunda coroa no MI

Faltando menos de um mês para o Miss Beleza Internacional, Consuelo Adler Hernandez foi uma das mais belas vencedoras em todas as edições. Segunda venezuelana a vencer o concurso em 1997, ela foi 3a colocada no concurso de Miss Venezuela (atrás de Marena Bencomo e Anna Cepinska). No Miss Beleza Internacional ela ficou a frente da indiana Diya Abraham, da francesa Marie Pauline Borg e nossa Valéria Bohm foi uma das semifinalistas.
Hoje Consuelo tem uma profícua carreira internacional como modelo. Depois de morar em Paris (onde trabalhou para Ford Models e Yves Saint Laurent) e Londres; La Adler é uma modelo de muito sucesso em New York através da Wilhelmina Agency. Ela foi Miss Fotogenia no Miss Venezuela e no Miss Beleza Internacional.

2 comentários:

J. Botafogo. disse...

Não sou admirador da beleza venezuelana, gosto da mulher mais natural e sem artifícios, principalmente se esse artifício for à base do bisturi, no entanto, prefiro as moças da Venezuela quando vão para o "Miss" Mundo e Internacional, as representantes do concurso do Mr. Trump, perdem a sua naturalidade. A vencedora deste ano foi fabricada.
Abraços.

Anônimo disse...

Perfeito comentário, amigo J. Botafogo. Admiro a forma como a Venezuela se prepara para o MU, mas não comungo da maneira como elege suas vencedora e pré-fabrica inibindo a beleza natural. Sou muito mais o Brasil dos anos 50 a 60 com as eleitas pelo aspecto natural de beleza até 1975. No mais, vária belezas mereciam a coroa como colombianas, americanas, brasileiras, até italianas ao longo do MU e não tiveram. As venezuelanas tem títulos por toda parte onde estiveram as Misses, mas jamais terão alguém tão bela como as que venceram pela beleza natural.


MARCIO LANDIN